Leste Blues do Sesc Belenzinho recebe show de o recente CD de Duca Belintani

O guitarrista paulista Duca Belintani apresenta seu mais recente álbum, How Long (2017), no dia 13 de janeiro, domingo, no Teatro do Sesc Belenzinho, às 18 horas, integrando o projeto Leste Blues da unidade.
No show, Duca Belintani (voz, guitarra e cigar box), se apresenta ao lado de Benigno So

bral (baixo), Ulisses da Hora (bateria) e Ricardo Scaff (gaita), e transita entre o blues do Mississippi e de Chicago. Clássicos como Sweet Home Chicago, Crossroads (Robert Johnson), Baby Please Don’t Go (Big Joe Williams) e How Long (Leroy Carr) fazem parte do repertório, além de composições próprias que integram seu novo disco.

Guitarrista, professor e produtor, Belintani atua no mercado musical há mais de 35 anos. Nos anos

80 foi guitarrista da Banda Controle, com a qual lançou dois discos. Foi sideman do cantor Pop Kid Vinil por seis anos, tendo gravado e produzido o CD XU-PA-KI. Lançou seu trabalho CD solo, MPBlues pela Gravadora Eldorado, em 2000. Seis anos depois gravou Conduzir, trabalho de blues fusion instrume

ntal, e, em 2009, lançou Cuíca, novo trabalho instrumental. Em 2012, veio o disco Na Trilha do Blues em comemoração aos 25 anos de carreira discográfica. Em 2015, Duca Belintani lançou o EP Rota 145 em CD e App para Smartphone e tablets. Em 2017, colocou no mercado seu mais recente álbum, How Long.

Já participou dos principais festivais de blues e de música instrumental brasileiros, entre eles Sesc Jazz’n Blues (SP), Rio das Ostras (RJ), Gravatá (PE), além do  Festival Int

ernacional de Blues de Pergamino (Argentina). Belintani também participou de apresentações em Chicago e Los Angeles (USA).

É o idealizador da série de quatro volumes do método Na Trilha do Blues e tem dois volumes dedicados ao blues pela série Toque de Mestre. Lançou, em 2014, seu novo método d

e guitarra, Na Trilha do Blues. O músico também realiza workshops em todo o Brasil, demonstrando seu trabalho e seus métodos, além dos produtos e marcas que representa como as guitarras Fender (Artist Brasil). Foi colunista das revistas Acústico, Guitar Player, Cover Guitarra, Guitar Load e Free Guitar. É autor da biografia Kid Vinil – Um Heroi do Brasil, lançada em 2015. Na área didática, foi professor pelo Sesc São Paulo e pela Secretaria de Cultura de São Paulo.

O projeto Leste Blues do Sesc Belenzinho contempla o gênero musical popular afro-americano 

surgido no início do século XX, representado em suas mais variadas expressões.


Show: Duca Belintani
Data: 13 de janeiro. Domingo, às 18h
Local: Teatro (392 lugares)
Não recomendado para menores de 12. Duração: 1h30.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).


Sesc Belenzinho

Rua Padre Adelino, 1000. Belenzinho – São Paulo/SP. Tel: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho

11º Encontro Internacional de Trompetistas da ABT

Nesse ano, mais precisamente de 17 a 21 de Junho, acontece em Campinas (SP) o 11º Encontro Internacional de Trompetistas da ABT (Associação Brasileira de Trompetista). Os encontros da ABT já trouxeram ao Brasil grande nome do trompete em outras edições, tais como; Charles Schlueter (Boston Symphony Orchestra – USA), Ole Antonsen (solista internacional, Noruega), Fernando Ciancio (artista Stomvi, Orquestra del Teatro Colón, Argentina), Adam Rapa (solista jazz internacional), Claudio Roditi (renomado solista jazz, Brasil – USA), dentre muitos outros.A imagem pode conter: texto

Nessa edição o encontro também contará com uma novidade que será a apresentação de um tema para o evento chamado “O trompete Sul-Americano”. Com esse tema será os convidados serão grandes artistas Sul-Americanos. Os nomes logo serão divulgados, por tanto fiquem atentos as publicações nas redes sociais da ABT.

A classe acadêmica também terá espaço no 11º Encontro Internacional aonde haverá uma mesa redonda com a apresentação de trabalhos que serão selecionados por uma comissão.

A imagem pode conter: texto

ABT no Facebook: www.facebook.com/abtrompetistas

Site: www.abt.art.br

Sesc Belenzinho recebe o duo Primos Distantes em show do primeiro disco e de canções inéditas

Formada pelo duo Caio Costa e Juliano Costa, abanda Primos Distantes apresenta-se no dia 11 de janeiro, sexta, no Teatro do Sesc Belenzinho, às 21 horas. O repertório do show é formado por composições do primeiro disco da banda, homônimo, lançado em 2014, e por canções inéditas que farão parte de seu próximo trabalho, em fase de gravação.

Neste show, Caio Costa (guitarra, teclado e voz) e Juliano Costa (bateria eletrônica e voz) sobem ao palco, acompanhados por Renato Medeiros (bateria), Thales Othón (baixo) e Filipe Franco (guitarra e teclado).

O álbum Primos Distantes, que foi produzido por Rafael Castro, trafega pelo rock, pela música popular brasileira e pelo pop. Castro também toca em todas as faixas e canta e assina, em parceria com Juliano, a canção Feio. O ecletismo musical se mistura ao bom humor e a autoironia das letras. Citado em veículos como a revista Rolling Stone, o Guia da Folha e nos sites Embrulhador, Som do Som e Jardim Elétrico, o trabalho colheu boas críticas e teve seu lançamento no projeto Prata da Casa, do Sesc Pompeia.

Em 2015, a dupla lançou Ao Vivo EAEO, disco gravado em show no Epicentro Cultural (espaço de criação e circulação artística) que é um registro ao vivo das canções do primeiro álbum e marcou a entrada da dupla no selo EAEO, idealizado pelo Epicentro Cultural, do qual fazem parte bandas como Porcas Borboletas, Juliano Gauche, Jonnata Doll e Cólera. Além do disco ao vivo, nesse mesmo ano, os Primos lançaram um videoclipe com a canção Feio.

No final de 2016, os músicos participaram da coletânea O Abismo da Alma, em homenagem ao movimento cultural recifense Udigrudi. Em janeiro de 2018, lançou uma versão de Feliz Aniversário, de Guilherme Arantes, faixa gravada para a coletânea Das Verdades que Eu Sabia, em homenagem ao compositor.

Caio e Juliano não são primos, mas amigos que se conheceram, há 17 anos, em uma banda de colégio. Atualmente, eles preparam o segundo disco de estúdio (também com produção de Rafael Castro), que será lançado em 2019.

SERVIÇO

Show: Primos Distantes

Data: 11 de janeiro. Sexta, às 21h
Local: Teatro (392 lugares).

Não recomendado para menores de 12. Duração: 1h30.

Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).

Sesc Belenzinho

Rua Padre Adelino, 1000. Belenzinho – São Paulo (SP). Tel: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho